Gravidez e Trabalho. Como conciliar?

gravidezetrabalho

Lembro um dia na pós graduação (fiz administração na FGV) que um professor queria que escrevêssemos uma redação de como gostaríamos de estar dali há cinco anos profissionalmente.

Acho que demorei uns cinco dias para conseguir escrever essa bendita redação. Não tinha muita ideia do que eu queria, quais seriam as minhas ambições para o futuro. Só sabia uma coisa: que estaria trabalhando muito. Focada no trabalho e na carreira. Tudo relacionado ao campo profissional. Tudo, menos ser mãe. Pegadinha do destino e cá estou eu escrevendo um post em um blog dentro de um site para grávidas! Rs!

Piadinhas a parte, mas no meu último trabalho, lembro de falar para a minha chefe no meu primeiro dia de trabalho:

Eu: Então, chefa X…eu queria te contar uma coisa….

Chefa X: Fale…

Eu: Eu vou casar no final do ano, e queria saber se consigo alguns dias para a lua de mel, e….

Chefa X: Você está grávida?

Eu: Não….

Chefa X: Pretende ter filhos?

Eu: Claro, eu…

Chefa X: Quando?

Eu: Não sei…não estão nos meus planos agora, mas..

Chefa X: OK. Pode voltar para a sua mesa!

Tipo, tudo bem eu ter entrado há seis meses na empresa, pedir 10 dias para a lua de mel, DESDE QUE eu não voltasse grávida. Mas não posso negar que eles foram muito legais nesse sentido!

Casei, viajei e não engravidei.

Três anos depois, em uma linda segunda feira, fui fazer xixi no palitinho, e lá estavam os 2 tracinhos: grávida!

Em algum momento, eu comecei a suar frio e pensar em como eu daria a notícia para a Chefa X. Me senti uma adolescente contando para a mãe que estava grávida e não sabia de quem era o pai!

Eu sempre falava que queria curtir a gravidez, fazer ioga, pilates, hidroginástica, dormir, curtir a barriga…não consegui fazer nada disso.

Trabalhei MUITO. Dormi POUCO. Exercícios passaram longe de mim (by the way, me arrependo muito disso! Não sigam esse meu exemplo).

Foquei muito no trabalho e pouco na barriga. Fiquei estressada no final…Minha médica queria que eu trabalhasse dia sim e dia não. Mas eu sou muito coxinha. Não consegui. Negociei com a chefa X que eu trabalharia de manhã na empresa e a tarde em casa. Mas isso foi só nas últimas semanas, porque eu já estava com dilatação e a baixinha poderia vir a qualquer momento.

Mas voltando ao foco do tema do post…Vou passar algumas dicas para vocês que eu deveria ter escutado (ou lido) quando estava grávida e trabalhando. Espero que ajude!

1. Não tratem a gravidez como uma doença, mas também não se joguem de cabeça no trabalho imaginando que agora é a hora de pedir um aumento;

2. Saiba respeitar seus limites. Esse momento é único na sua vida. Dê a importância que ele merece.

4.  Use roupas confortáveis e sapatos baixos, principalmente para mulheres que trabalham sentadas por longos períodos;

5. Tente levantar e andar o máximo que conseguir. Ao invés de ligar ou mandar email para o colega da baia perto da janela…Assim você anda, o sangue circula e você evita inchaços;

6. Beba bastante líquido;

7. Prefira comidas leves no almoço, para ajudar a digestão e não dar mais sono além do que você possa estar sentindo;

8. Leve lanches saudáveis para comer durante os intervalos das refeições. (frutas, sanduíches leves, barrinhas. Quanto mais saudável melhor para você e seu bebê);

9. Faça almoços divertidos com os seus amigos. Rir faz bem!

10. Saiba curtir a gravidez e levar o trabalho de boa, normal…Sua cadeira estará lá quando você voltar. E se por acaso não estiver, significa que não era para você estar lá!!! Coisas melhores virão!

 

Deixe um Comentário

Portal Clube de Assinaturas © 2020 Todos os direitos reservados.