Dicas práticas para viajar com bebês

Algumas dicas práticas para você que viaja com bebês:

Vale atentar para detalhes práticos: “Procure manter a rotina do bebê o máximo possível – do sono à alimentação”, recomenda a psicóloga Magdalena Ramos. Também é bom evitar multidões e lugares distantes. Viagens muito compridas pedem olho vivo – repare se seu filho ainda está se divertindo ou se já está mostrando sinais de irritabilidade. Objetos transacionais (aquelas bonequinhas de estimação) são indispensáveis para a criança se sentir acolhida. “E dê muita atenção. Você é seu herói e a melhor companhia”, frisa a psicóloga.

1) DOCUMENTOS DE VIAGEM PARA BEBÊS
Em viagens nacionais, bebês precisam da carteira de identidade ou da certidão de nascimento acompanhada de carteirinha com fotografia. Isso se estiverem na companhia de um dos pais, avós ou irmãos maiores. Para viajar com outras pessoas, precisam da autorização datada dos pais – os cartórios têm modelos.

2) NA BAGAGEM DOS BEBÊS
Bebês sujam pelo menos duas mudas de roupa por dia – isso se não houver imprevistos. Tenha isso em mente quando preparar as malas. Se não quiser enfrentar lavanderias, o ideal é fazer a conta para sobrar pelo menos quatro mudas limpas. Não deixe faltar chapéus. E muitas fraldas próprias para a entrada na piscina.

3) MELHOR HOSPEDAGEM PARA BEBÊS
Um hotel preparado para receber pequenos é melhor do que qualquer outro – da programação que ele oferece às condições de segurança (janelas que não abrem, por exemplo, ou ausência de escadas). Assim, se uma pousada disser “não aceitamos crianças” procure outra que as acolha com carinho.

4) ALIMENTAÇÃO IDEAL PARA BEBÊS
Na medida do possível, a alimentação dos pequenos deve se manter igual à habitual – seja no tipo de alimentos seja no horário das refeições. Certifique-se que o hotel tenha cardápio próprio para esta faixa etária e garanta o bem-estar do bebê com um pequeno estoque de papinhas e frutinhas industrializadas. Água sempre potável – por isso evite os sucos que você não vê a preparação. Água de coco é indicada por dez entre dez pediatras. Aproveite e dê muita.

5) A SAÚDE DO BEBÊ DURANTE A VIAGEM
Contrate um seguro temporário antes de sair. E tenha uma boa conversa com o pediatra. Para recomendações como: escovar os dentes com água potável para evitar a “diarréia do viajante”. E para compor os itens de uma frasqueira básica – remédios para enjoo, termômetro e anti-térmico são providenciais. Precaução extra: reconhecer o território. Saber aonde encontrar um hospital ou médico de plantão mais próximo é uma tranquilidade com pequenos por perto. De que adianta um ótimo plano de saúde se não houver clínicas boas na cidade?

6) FUGINDO DOS MOSQUITOS
Praias desertas e crianças não combinam. Pense em seu filho com uma reação alérgica e mude o destino. Mas como sempre há um pernilongo por aí converse com o pediatra. Algumas doses de vitamina antes da viagem podem ajudar a combater o problema. Repelentes nem sempre fazem os bichos baterem em retirada. Há desde anti-alérgicos para os recém-nascidos até poderosos à base de permetrina (Kwell, por exemplo). Velas de citronela nos ambientes ajudam um pouco bem como as telas nas janelas e os mosquiteiros nos berços.

7) TELEFONES ÚTEIS
Tenha sempre à mão: os números dos parentes mais próximos, os do pediatra, o do plano de saúde, o da seguradora do carro, de uma assistência mecânica 24 horas e os dos hotéis.

8) NO AVIÃO COM BEBÊS
Um bebê de até dois anos no colo do acompanhante paga de zero a 10% do valor facial da passagem. Se ocupar assento próprio, em uma cadeirinha especial, por exemplo, paga como uma criança de 2 a 11 anos: de 60 a 75% da passagem – ou integral, dependendo da companhia aérea. Crianças gostam de espaço e, convenhamos, não há muito na aeronave. A tendência é pedir os assentos na primeira fila – a mais espaçosa. Mas cuidado: em geral, ela tem os braços entre os assentos fixos e seu filho em algum momento vai querer deitar no seu colo. Cheque. Se estiver viajando com um bebê de até seis meses, solicite um berço na reserva. Funciona como um moisés preso a um suporte fixo na parede, em frente à sua poltrona, na primeira fila. Quanto à alimentação, há de papinhas a hambúrgueres para os pequenos. Mas estas refeições especiais devem ser solicitadas na marcação dos assentos, antes da viagem. Leve de casa as mamadeiras para os bebês – você pode esquentá-las a bordo. Para lidar com a diferença de pressão na decolagem e na aterrissagem, dê a chupeta ou a mamadeira com água. Antes de marcar o voo, pergunte qual aeronave da rota tem trocador e, na hora da troca da fralda, ainda solicite a ajuda de uma comissária – o ambiente é estranho e apertadíssimo.

9) NO CARRO COM BEBÊS
O banco traseiro é o único local permitido para os pequenos. A posição ideal é a central. Cadeirinhas e bebês-confortos são imprescindíveis (até um ano, devem ser usados no sentido contrário do movimento). Esses equipamentos, obrigatórios desde 1997 pelo Código de Trânsito Brasileiro, reduzem em 70% o risco de lesões em crianças envolvidas em acidentes, segundo dados do Insurance Institute for Highway Safety, que realiza testes sobre segurança no trânsito nos EUA. A eficiência depende diretamente da instalação correta. Presos ao banco pelo cinto, devem se mover, no máximo, dois centímetros para cada lado. Não deixe sacolas ou objetos soltos pelo veículo. Para ter uma ideia, um som portátil de dois quilos, deixado na tampa do porta-malas, se transformará em um bólido de 28 quilos no caso de uma batida a 100 quilômetros por hora. Os espaços nos pés das crianças podem ser usados desde que tudo fique firme e amarrado, e não escorregue para os pés do motorista.

10) PROTEÇÃO SOLAR DOS BEBÊS
Siga as instruções do pediatra de seu filho. Em geral, a recomendação é de filtros com fator de proteção 50 e sol só antes das 9h30 e depois das 16h30 – e atenção para o horário de verão. No litoral do nordeste, o fuso real é diferente do cronológico (na verdade deveria estar uma hora à frente). Atenção a isto.

Vai viajar com o bebê?: preparando a viagem em 7 passos.

Comece a viajar com seus filhos enquanto eles ainda são bebês

Como arrumar mala de viagem das crianças

Férias chegando: Viagem programada?? PetiteDicas para entreter os pequenos no caminho!!

Fonte: togo

Deixe um Comentário

Portal Clube de Assinaturas © 2020 Todos os direitos reservados.