Cuidados e dicas para o recém-nascido! Tudo que precisa saber!

O recém-nascido: O bebé cresce e vai desenvolver-se a um ritmo que é só dele. Aos poucos, a mãe e o pai vão aprendendo a conhecer o seu filho, ao mesmo tempo que o bebé os vai conhecendo também.

Algumas características

  • Dorme cerca de 20 horas por dia.
  • Ainda só vê a cerca de 25 cm de distância.
  • As mãos estão a maior parte do tempo fechadas e agarram-se com força aos dedos do adulto.
  • A única forma de se expressar é pelo choro.
  • Tem um espaço no alto da cabeça, chamado de moleirinha ou fontanela, apenas coberto com a pele do bebé. A moleirinha deve fechar entre os 12 e os 18 meses de vida do bebé.
  • Tem geralmente as mãos frias, mesmo que não tenha frio. Percebe-se melhor se precisa de agasalho, pela temperatura das pernas, dos braços e do pescoço.

O bem estar do recém-nascido

Um ambiente calmo e limpo

  • Deve dormir num espaço com uma temperatura entre os 20º e os 22º C.
  • Se necessário deve vestir-se mais roupa no bebé isto porque também não é adequado colocar muita roupa de cama por cima do bebé por causa do risco de sufocar.
  • Ter junto de si objetos fofos, cores suaves ou música de embalar.
  • Não estar demasiado agasalhado nem muito à fresca. Mesmo no Verão o bebé deve ter sempre uma camisola interior.
  • É importante sentir-se aconchegado.

As primeiras roupas

  • Devem ser 100% algodão de modo a evitar alergias.
  • A pele do recém-nascido é extremamente fina e delicada e o bebé sente-se mais confortável com roupa macia.

Cuidados a ter com o bebé

  • Nunca se deve tapar a cara do bebé, nem com a fralda de pano.
  • Quando está no “ovo” deve estar sempre preso. Nem que a viagem seja até à esquina.
  • Deve dormir no seu berço ou caminha de grades.
  • Não se chupa a chucha e volta a dar ao bebé.
  • Não se devem deixar restos de leite no biberão, pois estes são propícios ao desenvolvimento de bactérias.
  • O bebé deve estar num sítio seguro, onde dificilmente possa escapar da vista do pai ou da mãe. De um momento para outro o bebé adquire a capacidade de se virar ou mudar de posição podendo cair facilmente.

Mudar a fralda

Para mudar a fralda, deve ter tudo o que necessita à mão:

  • Resguardo para colocar por debaixo do bebé;
  • Fraldas;
  • Toalhitas ou compressas;
  • Creme para o rabinho, se necessário.

Sono

O que fazer para um sono tranquilo?

  • Deitar o bebé para o lado direito ou de barriga para cima (peça a opinião do seu pediatra quanto a este assunto pois as opiniões divergem).
  • Pode colocar-se uma fralda de pano debaixo da cabeça, caso o bebé bolse.
  • O colchão deve estar ligeiramente elevado na zona da cabeça.
  • Não utilizar quartos muito aquecidos, é preferível vestir melhor o bebé.

Cólicas

O que fazer se o bebé tiver cólicas?

  • Podem adquirir-se na farmácia alguns produtos que se juntam ao leite;
  • Podem colocar-se na boca do bebé umas gotinhas próprias para os gases;
  • Pode aquecer-se uma toalha molhada e dobrá-la em forma de quadrado, introduzi-la num saco de plástico bem fechado e colocá-la sobre a barriga do bebé quando estiver morna;
  • Pode massajar-se a barriga do bebé ao de leve, desenhando círculos, no sentido dos ponteiros do relógio;
  • Pode colocar-se um saquinho de sementes morno no antebraço e colocar o bebé de barriga para baixo em contacto com esse saquinho.

Os cuidados de higiene do recém-nascido

A higiene do bebé deve ser feita de cima para baixo, ou seja, da cabeça para os pés.

Olhos

  • Limpar de fora para dentro com compressas e soro fisiológico.
  • Utilizar compressas diferentes para cada olho.

Orelhas

  • Limpar só o exterior do ouvido com compressas e soro fisiológico.
  • A cera acaba por sair por si em pequenas bolinhas.

Banho de imersão

  • O braço esquerdo do adulto segura a axila esquerda do bebé, servindo de apoio às suas costas.
  • A mão direita lava o bebé (ou vice-versa).
  • Para lavar as costas, vira-se o bebé segurando com a mão direita na axila direita girando-o sobre o braço esquerdo do adulto até ficar de costas para cima. A mão esquerda do adulto segura agora na axila direita para segurança do bebé (ou vice-versa).

Umbigo

  • O umbigo cai mais ou menos uma semana após o parto.
  • Pode ser tratado com álcool de 70º e compressas esterilizadas.
  • As compressas podem ficar no local, não precisam de levar outra proteção por cima.
  • É importante vigiar para ver se não desenvolve infeções.
  • Se necessário, colocam-se umas gotas de álcool (sempre a 70º na fase final e depois de cair, com a ajuda de um cotonete.

Cortar as unhas do bebé

  • O corte das unhas das mãos e dos pés faz-se a direito, não se devem cortar os cantos.
  • Deve utilizar-se uma tesoura apropriada.
  • No final pode passar-se uma lima fininha de cima para baixo das unhas.

Órgãos genitais

  • A higiene dos genitais é uma parte fundamental na promoção da saúde da criança.
  • Nas raparigas, especial cuidado com a vulva, limpando-a cuidadosamente. Para evitar alergias podem utilizar-se compressas com soro fisiológico.
  • Nos rapazes, deve-se aproveitar o pós banho para puxar lentamente o prepúcio (pele) para trás sem forçar e, de seguida, voltar a largá-lo. A opinião médica divide-se em relação a quando começar, pois alguns referem não ser prudente puxar até aos três anos (enquanto utilizar fraldas) e simplesmente garantir uma boa higiene. Ambas as opiniões defendem que se deve abandonar o puxão brusco.

 

Deixe um Comentário

Portal Clube de Assinaturas © 2020 Todos os direitos reservados.