4 meses do bebê – Dicas e desenvolvimentos

O 4º mês é mágico! Muita coisa muda e muitos novos desejos aparecem!

A seguir você encontra as principais mudanças e algumas dicas!

# 1: Seu bebê parece distraído em sua rotina

Até agora, seu bebê vivia em uma bolha, interessado em seu pequeno mundo e inconsciente de todo o resto. Mas em uma evolução no desenvolvimento de seu cérebro, ele passa a ter uma percepção mais real do mundo. Ele está praticando suas novas habilidades: virando sua cabeça para localizar um som ou rastrear objetos movendo visualmente. Os bebês dessa idade passam a mamar uma quantidade maior de leite.

DICA:

Ao amamentar, desligue a TV, minimize a conversa e use vozes baixas. Se você estiver fora de casa, procure a sala de amamentação do shopping, um assento mais reservado no parque infantil ou vá para um ambiente mais silencioso em um evento social.

# 2: Seu bebê passa a ter mais fome

O leite materno é essencial para o desenvolvimento do cérebro. Um estudo realizado em 2013 mostrou que a amamentação exclusiva proporcionou melhor desenvolvimento cerebral do que uma combinação de aleitamento materno e fórmula. À frequente demanda pelo leite materno, o aumento da duração da amamentação e o aumento das mamadas noturnas muitas vezes fazem com que as mães se preocupem com a produção de leite.

DICA:

É importante que a mãe mantenha a preocupação em sua alimentação balanceada e na ingestão de líquidos, especialmente água. E não se preocupe, sua produção de leite se ajustará para atender às suas necessidades de seu bebê.

# 3: Seu bebê mostra interesse quando você come

Muitas pessoas vêem essas mudanças aos quatro meses como um indicador de que os bebês precisam de alimentos sólidos. A idade recomendada para introduzir sólidos é após os seis meses. Não há benefícios para os bebês no início de sólidos anteriormente – existem riscos que precisam ser considerados antes de fazer essa escolha.

As indicações para a introdução de alimentos sólidos é para após os 6 meses do bebê onde pode-se introduzir outros tipos de nutrientes além dos essenciais presentes no leite materno. Além disso, o bebê precisa ser capaz de sentar-se ereto e ter um bom controle de cabeça e tronco, poder alcançar alimentos e trazê-lo até sua boca, perda de reflexo de impulso na língua – o que leva a comida da boca à garganta.

DICA:

É recomendado pelo Ministério da Saúde a amamentação exclusiva até os 6 meses do bebê.

# 4: O desenvolvimento de seu bebê não é medido por gráficos!

O desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso central não é medido em gráficos. Se o crescimento do seu bebê diminui, não suponha que haja um problema com seu leite. Lembre-se de que o peso e o comprimento do seu bebê são parte da informação usada para avaliar o crescimento e o desenvolvimento pelo pediatra. Após o rápido crescimento nos primeiros três meses, parece que o crescimento do peso e do comprimento diminuem, enquanto o cérebro e o sistema nervoso passam a evoluir com mais velocidade.

DICA:

Crie mais momentos de amamentação!

 

Outros artigos que pode se interessar:

 

Deixe um Comentário